Articles worth reading
Mulher colocou crianças em caixões durante anos, e foi apanhada. A razão vai fazer-te chorar

Mulher colocou crianças em caixões durante anos, e foi apanhada. A razão vai fazer-te chorar

access_time 3 meses ago

Esta é a história de Irena Sendler, nascida no dia 15 de fevereiro de 1910 em Varsóvia, na Polónia, filha

1 Único ingrediente para ficar com os dentes brancos de uma vez por todas!

1 Único ingrediente para ficar com os dentes brancos de uma vez por todas!

access_time 3 meses ago

Clarear os dentes é algo extremamente importante, porque os dentes são a nossa “imagem de marca”, e claro que todos

Assim está a criança mais negra do mundo na atualidade…

Assim está a criança mais negra do mundo na atualidade…

access_time 2 meses ago

Um grande número de espécies diferentes vivem no planeta Terra, sendo a mais importante de todas elas os seres humanos.

Tugalandia – Artigo

Estas são as 7 piores doenças que existiram… É importante que as conheças!

Estas são as 7 piores doenças que existiram… É importante que as conheças!

access_time 6 meses ago chat_bubble_outline 0 comments

Doenças são naturais, assim como a morte. Mas ninguém gosta de sofrer. Apesar disso, com métodos de tortura que a humanidade jamais imaginou, a natureza é capaz de nos colocar em contato com máquinas de dor incomparáveis, os vírus e bactérias malignos ao nosso organismo. Com o Ebola causando temor público e o tema voltando à boca do povo, fizemos um comparativo das doenças mais dolorosas e mortais da humanidade – algumas erradicadas, outras ainda não. Na nossa lista de 8 items, percebemos que não existe um padrão, e a maior dificuldade no tratamento de pandemias é justamente a agilidade com a qual as doenças se alastram.

1) Peste bubônica, 250 milhões

A doença que assolou a Europa medieval era transmitida por roedores e pulgas que os picavam, transmitindo-a para humanos. Associada e dependente do aumento da população de ratos e roedores, a forma de transmissão dessa doença é por si só perturbadora: as bactérias que adentram as pulgas fecham a entrada para o seu sistema digestivo, o que as faz morrer de fome. Nesse processo, picam alucinadamente humanos, mas o sangue é barrado pelas bactérias, que fazem a pulga vomitar sangue infectado de volta para a ferida onde se alimenta.

 2) Gripe espanhola, de 50 a 100 milhões de mortos entre 1918 e 19

Causada pelo virus Influenza A, subtipo H1N1, a doença marcou seu período como uma das mais mortais, chegando até à Antártida. Tinha uma taxa de mortalidade baixa, entre 2 e 20%, mas era compartilhada por grande parte da população, o que debilitava o sistema imunológico de suas vítimas e trazia consigo outras enfermidades.

3) AIDS, 25 milhões desde 1981

Atingindo o sistema imunológico central, o vírus teve origem animal mas se adaptou aos humanos no século passado, atingindo um grande contingente de pessoas. Ainda não há cura conhecida, apesar de diversos tratamentos possibilitarem que a qualidade de vida de seus portadores seja mantida. Transmitida através de fluídos, como o sangue, o sêmen e o leite de amamentação, atinge mais de 38 milhões de pessoas atualmente.

4) Varíola, 11 milhões

Exclusiva de humanos, a doença tem dois vírus distintos que causam os mesmos sintomas. Enquanto um dos tipos causa mortalidade de 30 a 35% dos casos, o outro, “menor”, causa em apenas 1%, e geralmente está associado à uma infecção menor, chamada alastrima, ou varíola benigna. Já matou diversos monarcas europeus e cegou grande parte da população, que, além de bolhas na pele e feridas profundas, tinha as córneas oculares ressecadas e destruídas, causando uma dolorosa cegueira. Na época, matou 80% dos infectados, mas hoje foi completamente erradicada.

mosquito-transmissor-da-malaria-size-598

5) Malaria, 2.7 milhões de mortes por ano, em torno de 2800 crianças por dia

Presente em quase todo o mundo, a doença, transmitida por mosquitos, tem diversos tipos de variações, todas dentro do gênero plasmodium. Ainda não existe vacina para a prevenção, que é feita através da ingestão de um coquetel de remédios, em especial nas regiões da África subsaariana, onde a doença mais acomete a população, provando-se não apenas um problema de saúde pública, mas também um empecilho para o desenvolvimento local da população.

6) Ebola, 160 mil mortes desde 2000

Surgindo no Sudão e Zaire, em 1976, o vírus também atinge animais, e devastou populações inteiras de gorilas africanos. Não se sabe qual é seu animal transmissor ou como erradicar o problema, que se espalha rapidamente pelo mundo. A febre hemorrágica causada pelo ebola inclui vômitos, diarreia, sangramento e dor. Tem uma taxa de mortalidade altíssima, entre 80 e 90%, geralmente decorrente da falha de órgãos ou falência do sistema circulatório (choque hemorrágico).

7) Cólera, 12 mil mortes desde 1991

De origem bacteriana, a transmissão se dá por comida ou água contaminada, comum em regiões rurais ou com um sistema de saneamento básico precário, como no Brasil e outros países latinos. Pode levar uma pessoa à morte em 2~3 horas por desidratação intensiva, mas em geral leva de 12 a 18 horas para atingir seu ciclo completo. Se não tratada com rapidez, pode dizimar comunidades inteiras em uma questão de dias.

Fonte: Fatos Desconhecidos



Também vais adorar!

loading...
shareShare this post
content_copyCategorized under