Articles worth reading
Cliente com ciúmes de “mulher da vida” mata seis em bordel

Cliente com ciúmes de “mulher da vida” mata seis em bordel

access_time 6 meses ago

Um homem de 27 anos, que se apaixonou por uma “mulher da vida” num bordel em Jaboticabal, uma cidade no

Publicidade enganosa no Pingo Doce! Como nos ENGANAM!

Publicidade enganosa no Pingo Doce! Como nos ENGANAM!

access_time 10 meses ago

Este caso ocorreu recentemente num hipermercado Pingo Doce, com uma cliente que se sentiu enganada pelas supostas promoções, e quando

POLÉMICA: Este é o decote mais polémico e criticado de sempre!

POLÉMICA: Este é o decote mais polémico e criticado de sempre!

access_time 4 semanas ago

Roupa de apresentadora Amanda Holden dá origem a centenas de queixas. Quando Amanda Holden escolheu o vestido que ia utilizar

Tugalandia – Artigo

Este é o caminho para a escola que já fez 100 baixas! Chocante o que as crianças têm que passar!

Este é o caminho para a escola que já fez 100 baixas! Chocante o que as crianças têm que passar!

access_time 9 meses ago chat_bubble_outline 0 comments

Para as crianças que vivem nesta aldeia ir à escola significa descer uma rocha com 800 metros de altura.

Esta aldeia chama-se Atuler e situa-se na província de Sichuan, na China. 15 crianças entre os 6 e os 15 anos demoram 2 horas até à escola, tendo que descer a tal rocha através de 17 escadas e carregados.

Estas fotos foram tiradas pelo fotógrafo chinês Chen Jie, que foi recompensado este ano pela World Press Photo pelas fotografias que tirou às explosões em Tiajin em 2015 que causaram mais de 100 mortos. “Não há dúvida que fiquei chocado com a cena que vi” referiu o fotógrafo.

No The Guardian é referido que, segundo Api Jiti, líder da aldeia, com 72 anos, não existe espaço para fazer uma escola no cume da montanha.

No mínimo já 8 aldeões faleceram ao cair da rocha e há crianças que ficam a viver na escola, no entanto só veem os pais 2 vezes por mês.

As autoridades oficiais do sudoeste da China já pronunciaram que irão auxiliar esta aldeia.

Vê a reportagem no vídeo abaixo!

Também vais adorar!

loading...
shareShare this post
content_copyCategorized under
error: Conteúdo protegido!